Pronunciamento na Câmara dos Deputados sobre Transporte Escolar

Prezado Operador de Transporte Escolar, no fim da tarde de hoje, 18 de agosto, o Deputado Federal Leonardo Quintão, fez um pronunciamento na tribuna da Câmara dos Deputados sobre o Transporte Escolar.

A pauta do discurso foi a padronização que supostamente obrigaria a troca de Van por Ônibus, por várias vezes desmentimos o boato que provocou os manifestos​ no dia 17 de julho e 08 de agosto.

O Deputado Leonardo Quintão, desta vez tornou a matéria pública e a colocou para apreciação dos Deputados ​e mais uma vez desmentiu,​ sem deixar nenhuma sombra de dúvidas,​ a história mentirosa e leviana criada pelo sindicato da região metropolitana de Belo Horizonte.

Segue o texto do pronunciamento em anexo, devidamente protocolado.

Há​ vários dias estamos recebendo ligações de sindicatos e associações filiadas da ATEP e até mesmo de dirigentes de entidades que não são filiadas na Associação​, demonstrando revolta pelos boatos infundados sobre a farsa da troca de Van por Ônibus e parabenizando pelo nosso posicionamento em relação a MENTIRA​. Não poderia ser diferente, não há mentira que perdure para sempre.

Nossa posição jamais mudou.

Nosso discurso é o mesmo falado na Audiência Pública de 28 de maio de 2015.

O terrorismo inventado sobre a obrigação da troca de veículos caiu por terra e todos os Sindicatos de Transporte Escolar, Associações e Cooperativas sabe exatamente quem são os causadores do terrorismo e de onde saiu o discurso do apocalipse pregado para atrair a mídia e os ​holofotes em prol de seus interesses pessoais.

Seria muito bom se o transportador escolar de Minas Gerais pudesse ouvir o que os demais sindicatos e associações do país dizem sobre a mentira da padronização e de quem a inventou.

Vergonha nacional foi preciso o Governo através de ofício enviado a ATEP desmentir a farsa.

Foram necessárias reuniões no DENATRAN para que o Diretor Geral também desmentisse.

Parlamentares de Minas e de outros estados também se manifestar em​ publicamente contra a MENTIRA da troca de Van por Ônibus.

Foi preciso desperdiçarmos uma oportunidade tão valiosa como a Audiência Pública de 28 de maio, destinada a tratarmos de assuntos de real interesse dos transportadores, como isenção de ICMS e financiamento do BNDES, para desmentirmos o ​que não passava de terrorismo a história da padronização.

Contudo e apesar das perdas irreparáveis, vejo que h​ouve ganhos e sobrou um resultado positivo.

Percebo que nenhum dirigente sindical, associativo ou cooperativista irá se colocar do lado de alguém com uma relativa lábia sem antes averiguar a história desta pessoa.

Além disso, ​a ATEP sai mais que fortalecida nacionalmente, sendo respeitada mesmo por aqueles que não fazem parte do quadro de associados.

Se antes da farsa da padronização, existia algum estado ou entidade de transporte escolar que não conhecia a ATEP, hoje acredito que não existe mais.

O terror fez com que todos buscassem respostas conjuntas e a resposta só poderia ser uma: A VERDADE.

Não existe, nunca existiu nada sobre a obrigação de trocar VAN por ÔNIBUS, isso todos os dirigentes ligados a ATEP têm falado sem nenhuma dúvida desde o momento em que foi pronunciada a inverdade da padronização.

Portanto transportador, caso ainda reste alguma dúvida, mesmo com todos os documentos e testemunhos de vá​rias autoridades, sugiro que faça uma busca no GOOGLE sobre sindicatos de transporte escolar, cooperativas e associações no Brasil, ligue para qualquer um deles, peça para falar com o presidente e pergunte sobre a padronização que obrigaria a troca de Van por Ônibus, pergunte também o que eles acham sobre o sindicato de transporte escolar mineiro.

Você vai se surpreender.

Atenciosamente,

Renato Soares

ATEP

COOPERMINAS

11863261_1450967861899780_4048868781511891729_n 11902507_1450967875233112_7872653580879945226_n11923202_1450967871899779_893104160512257623_n11902467_1450967851899781_8976437319400172058_n